Quarta-feira, 4 de Janeiro de 2012

Quando comecei a sair à noite, há anos, havia sempre uns tipos mais velhos que iam ficando esquecidos, geração a geração, e iam adoptando as gerações cada vez mais novas por companhia. A dada altura, (acontecia com 2 ou 3 personagens) mesmo os solteirões da geração deles já tinham mudado de vida e deixado as saídas diárias, a geração seguinte à deles já estava a casar e ter filhos, e esses tipos já não eram os mais velhos do grupo de pessoas com quem saiam à noite, eram apenas tipos de 30 anos no meio de miúdos de 14, algo desajustados e patéticos como se usassem roupa demasiado pequena para o seu tamanho. Tentavam adaptar-se aos novos códigos e tribos, mas, depois do entusiasmo da recepção inicial, eram tratados, pelos mais novos, com algum desconforto, como se trata um tio gágá que insiste em fazer graçolas inconvenientes às nossas amigas. E lá iam, insistindo no ridículo da nova vaga de amigos com os quais, à semelhança dos anteriores, se incompatibilizariam, porque a idade mental é mais sincera e cruel do que a física e até na primeira se deixavam dicar confrangedoramente para trás. Há disto em todo o lado.

publicado por Laura Abreu Cravo | partilhar
Terça-feira, 3 de Janeiro de 2012

Há casos em que dizer-se de alguém que “dispensa apresentações” não é necessariamente uma coisa boa. Veja-se os psicopatas famosos ou o Marquês de Sade. Isto para evitar alargar-me em demais considerações.

publicado por Laura Abreu Cravo | partilhar
Segunda-feira, 2 de Janeiro de 2012

Gosto da celebração festiva da passagem de ano (em condições muito específicas), mas, a viragem do ano em si mesma, diz-me pouco. Contudo, a bem da higiene social, gostaria apenas de avisar que mandarei ao raio que os parta todos os que me desejarem um bom ano dentro do possível. Se me quiserem desejar alguma coisa, boa ou má, que seja torrencial, absurda, em grande. O dentro do possível eu faço sozinha, não preciso de votos e desejos para nada, obrigadinha.

publicado por Laura Abreu Cravo | partilhar
E-mail
lauraabreucravo@gmail.com
pesquisar neste blog
 
arquivos

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2012

Novembro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

subscrever feeds