Quinta-feira, 17 de Novembro de 2011

 

Women's power e assim, tudo muito bonito, mas o certo é que, à conta da emancipação selvagem a que sou, todos os dias, sujeita, acabei a jantar gaspacho de pacote do Pingo Doce num dia de frio de rachar, tudo porque não havia ninguém para assegurar a logística da central de compras doméstica.

As mulheres da minha geração vão percebendo o importante não é procurar no homem com quem se casa, o nosso pai, mas sim a mãe. A nossa, a dele, ou qualquer uma que vá às compras. E saiba coser botões.

publicado por Laura Abreu Cravo | partilhar
E-mail
lauraabreucravo@gmail.com
pesquisar neste blog
 
arquivos

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2012

Novembro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

subscrever feeds